Especial Oscar 2013

Sim, senhoras e senhores, essa sou eu inovando no blog novamente! E antes que você venha me falar que estou atrasada, porque o Oscar já foi esse domingo, digo-te NÃO! Você está enganado, porque esse post não é pra apostas, e sim pra quem realmente viu/quer ver os filmes indicados. Vi 6 dos 9 indicados a Melhor Filme até a cerimônia, mas pra esse post fiz a proeza de assistir TODOS! Serei bastante direta, porque são muitos filmes, mas já digo de antemão que vale a pena fazer essa maratona. É a primeira vez que consigo e achei uma ótima experiência.

Leia sobre e assista os filmes de sua preferência. “Letícia, tô sem tempo, fala logo os mais legais!” – na minha humilde opinião, assistindo Django Livre,Argo, As Aventuras de Pi e Os Miseráveis, você já tem um repertório bem legal e diversificado. Mas se quiser saber mais, continue lendo! Esse post deu trabalho, tá, tenham a decência de me prestigiar, meus queridos e lindos leitores! Espero que gostem!

 
Indomável Sonhadora (0 prêmios / 4 indicações)
Já começo dizendo assim: esse filme é pra poucos. Vi o trailer e me interessei, mas sabia que tinha chances de ser monótono. Posso falar apenas por mim, mas não é! Mal consigo explicar esse filme, na verdade… Ele é diferente, tem um encantamento que está longe de enfeitar, maquiar a realidade. Você acha que vai ver uma menininha vendo sua vida precária como um mundo mágico, mas é o contrário. A pequena Hushpuppy (indicação de Melhor Atriz justíssima, aliás!) tem uma força, uma noção de realidade e um olhar totalmente único e quase surreal para sua idade. A relação de seu pai com ela pode parecer distante ou fria, mas na verdade é totalmente apropriada para a vida que eles levam. Recomendo muito, mas não garanto que você vá gostar.
 
O Lado Bom da Vida (1 prêmio / 8 indicações)
Provavelmente o filme mais leve entre os indicados – mas não por isso vazio ou fútil -, deve ser também o que foi mais assistido. Tem um ritmo agradável, diálogos divertidos e tudo, mas… Posso ser sincera? Se comparado aos demais, é fraco. Foi um dos primeiros que vi, gostei MUITO, mas conforme fui vendo os outros indicados, ele foi perdendo um pouco o brilho. A Jennifer Lawrence tá muito bem, mas tô tentando entender até agora a indicação do Cooper e até a do DeNiro… Tenho estudado roteiro, e um ponto importante é não facilitar pros personagens, criar situações complicadas e tal. Mas em O Lado Bom da Vida, pelo menos no final, tudo dá magicamente certo. Mas ainda acho fofo, representa bem seu gênero!
A Hora Mais Escura (1 prêmio / 5 indicações)
Sabe o que é importante na vida? Autoconhecimento. Digo isso porque eu SABIA que não ia gostar desse filme. Não adianta, filme de guerra pra mim não dá. Ok, uma coisa legal nesse filme: o enfoque na protagonista ajuda a prender o interesse e dá um toque mais pessoal a esse assunto de tão grandes proporções. Em alguns momentos, o ritmo acelerava e eu chegava a pensar “Ah, agora vai!” – e, poucos minutos depois, já ficava entediada de novo. Não queria fazer uma crítica tão imparcial, mas pelo amor de Deus, precisa de DUAS HORAS E MEIA pra contar essa história??? Eu cortava 60 min FÁCIL. Não fiquei tão perdida no enredo em si, mas achei que deixou a desejar em termos de roteiro mesmo. Mudaria o nome pra O Filme Mais Chato (brincadeira, só quiser ser má).
 
Amor (1 prêmio / 5 indicações)
Esqueça os romances estilo Nicholas Sparks: quer dar uma olhada no que é amor de verdade? Assista Amor. Tudo bem, o que dizem por aí desse filme é verdade; ele é mesmo meio lento, tem poucos diálogos significativos e as cenas no geral são bem longas. Mas tudo isso é linguagem, combina perfeitamente com a história proposta. São as atitudes e os pequenos momentos desse casal que ilustram, sem floreios, essa relação tão forte enfrentando seu pior inimigo – que, diferente de histórias de jovens apaixonados, não é nenhum fator externo, e nem mesmo a morte – o tempo. Agora acho injustiça a Emmanuelle Riva não ter levado o Oscar de Melhor Atriz… Mas verdade seja dita: ainda prefiro Intocáveis.
 
Lincoln (2 prêmios / 12 indicações)
O que dizer de Lincoln, Brasil? Filme difícil pra quem não é americano e/ou não entende de política e/ou sofre com filmes longos sem muita ação, OU SEJA: sofri. Não entendi porque tinha tanta gente apostando o rim que o Tommy Lee Jones levava de coadjuvante – tipo, o cara é bom, mas não achei que a atuação dele se destaca. Ele provavelmente foi ofuscado pelos poderes mediúnicos do Daniel Day-Lewis, que deu um show. Não conheci Abraham Lincoln, mas me peguei em várias partes do filme pensando: cara, ele tá igualzinho! Mas sei lá, apesar do filme ser bem feitinho e tudo mais, achei a história pouco envolvente, se comparada com as dos outros indicados. Ou eu que não gosto muito de filmes biográficos…
 
Django Livre (2 prêmios / 5 indicações)
Digam o que quiser, esse é o meu preferido! Sei quando um filme é bom quando minhas expectativas estão altíssimas e, ainda assim, são superadas. Com Django, fica claro que o Tarantino está caminhando pra uma estrutura de filme mais “normal” pra focar no que ele faz de melhor. Casting? Quase: roteiro! Quem acha Django Livre ofensivo não entendeu o filme, desculpa. E mais uma vez, Tarantino samba na cara da História como a conhecemos, com violência perfeitamente justificável, humor sarcástico e personagens cheios de carisma. Temos também a consolidação da brilhante parceria do diretor com Christoph Waltz, que rendeu mais um Oscar ao ator. E, verdade seja dita, o que seria de D-Jango sem nosso querido Dr. Schultz?
 
Os Miseráveis (3 prêmios / 8 indicações)
Ai. Meu. Deus. Imperdível para fãs de musicais, mas altamente recomendável pra qualquer amante de cinema. O elenco mandou bem demais, dá pra ver que todo mundo mergulhou fundo em seus personagens. Pode não ter sido magistralmente executado, mas em Os Miseráveis, a emoção é mais importante que a técnica. Quem não curte o gênero pode sofrer, já que o filme é 100% musical (até os diálogos), mas se você para pra pensar, faz mais sentido ser assim do que parar tudo na cena e começar uma performance, né? Enfim, admito que o filme não é uma obra-prima, mas a experiência de assisti-lo é única. Permita-se envolver que você vai entender rapidinho do que estou falando!
 

Argo (3 prêmios / 7 indicações) – Melhor Filme

Não repitam meu erro: ASSISTAM antes de falar uma palavra sobre o filme. Quando é explicado meio por cima, o enredo pode soar meio boring, mas vai na fé! Com uma introdução bastante narrativa (me lembrou um pouco Senhor dos Anéis), Argo passa os primeiros minutos garantindo que você entenda o lado dos iranianos, o que é legal, mas também é muita informação logo de cara. Mas quando o filme deslancha, vai ficando mais interessante. A construção dos momentos de tensão é fantástica, os momentos de alívio cômico divertem e o enredo como um todo convence e envolve na medida certa. E não achei tão ~americanizado~ assim, basta um mínimo de senso crítico do espectador. Prêmio mais que merecido!

 

As Aventuras de Pi (4 prêmios / 11 indicações)

Eis minha maior surpresa entre os indicados. Quando vi o trailer, já vi que a parte técnica era sensacional, mas a história me pareceu fraca. Gente, que engano o meu! Logo no começo, já me vi completamente envolvida na infância do Pi e da sua família. As alternâncias com o presente também dão um charme, especialmente pelas transições graduais (tipo o cenário do fundo mudar e só depois o Pi adulto e seu entrevistador sumirem). Apesar da parte visual ser o destaque, As Aventuras de Pi não é um show Pi-rotécnico (hãn hãn, entendeu?): a profundidade da narrativa é impressionante, sério mesmo. Seja essa aventura uma alegoria ou não (calma, veja o filme e você vai me entender), o filme é de uma beleza incontestável.

Data do post original: 27 de fevereiro de 2013

Advertisements

One thought on “Especial Oscar 2013

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s