TOP FIVE: Guilty Pleasures

Novidade no ASSISTER, ai que alegria! Pois é gentes, resolvi criar um novo tipo de postagem que possa agradar tanto a mim quanto a vocês – e foi aí que vim com essa ideia super original e inédita que é o TOP FIVE! Antes que vocês pensem que estou enrolando e pegando o caminho mais fácil, eu explico: desde o post do Oscar 2013, percebi que falar sobre vários filmes com algo em comum é válido e funciona (vocês não são Gustavo, mas vocêsKuerten! Hãn hãn, foi pra poucos essa).

E da minha parte, tem vários filmes sobre os quais eu gostaria de falar, mas também não tenho taaanto pra falar assim – nem todos os filmes dão caldo, sabe? Também é um bom espaço para que eu recomende filmes que não são tão famosos assim, ou mesmo que não pareçam tão interessantes, mas, inseridos em um contexto, ficam mais atrativos. Então acho que é win-win, todos ganham e são felizes!

Ah, importante: vou tentar pegar critérios bem diferentes e legais, e não coisas óbvias tipo gêneros de filme (TOP FIVE de romance, de comédia, etc). Pode acontecer do número variar também – quem sabe um TOP FOUR, TOP SIX… Acontece. Enfim, vamos testando o que dá mais certo que vai ficando tudo nos conformes.

Sem mais delongas, apresento a vocês meu TOP 5 de guilty pleasures, com aqueles filmes que eu a-do-ro mas não saio gritando por aí porque… Bom, porque eles costumam provocar vergonha alheia. Mas mesmo assim, admito com todo o coração que gosto deles mesmo, pode zuar! (sim, já começo post novo me sujeitando) Provavelmente tem mais alguns, mas peguei os que me vieram à cabeça:

image

  1. Legalmente Loira (2001)

Digam o que quiserem, mas acho que eu queria fazer Direito por causa desse filme. Até hoje paro o que estou fazendo na hora se vejo que tá passando na TV. Detalhe: acostumei a vê-lo DUBLADO, com a Elle Woods com voz de Cebolinha e tudo! Acho a história divertidíssima, tanto que até gostei bastante do segundo (mas né, o primeiro é demais). Imaginem o meu ataque de fangirl quando descobri o musical desse filme…

image

  1. Tenacious D (2006)

Alguém mais teve a chance de assistir essa preciosidade de filme? Basicamente, conta a história de como Kyle Gass  e Jack Black se encontraram na vida pra formar a Tenacious D, banda composta pelos dois. Fico fascinada com tanta coisa idiota num filme só, gente: tem Pé Grande, Duelo com o Diabo, tudo! E o melhor: é musical essa bisteca! (Recomendado para pessoas com grau elevado de babaquice, que nem O Gato).

image

  1. Madagascar 3 (2012)

Ora essa, por que colocar um desenho em um TOP de vergonha alheia? Todo mundo gosta, supernormal, acontece… Ok, acho que o problema é mais o QUANTO eu gosto desse filme. E também tem o fato de que se trata de uma continuação safada só pra ganhar mais dinheiro, porque a história é completamente sem noção e muuuito longe da proposta inicial. Mas né, e daí? Ainda assim, eu e minha irmã assustamos as criancinhas no cinema de tanto que demos risada!

image

  1. As Aventuras de Alceu e Dentinho (2000)

Olha o nível de vergonha alheia aumentando… Pois é, não sei quanta gente se lembra desse filme – que eu me lembre nem passava tanto na TV – mas CARA, ele é muito legal! Tenho um carinho todo especial por filmes que misturam desenhos na realidade (numa pegada meio Roger Rabbit, Space Jam e tal), mas acho que esse era o mais bestinha, haha. Robert DeNiro de vilão é muito amor! Fui ver o trailer pra relembrar os bons tempos e me deparei com uma referência a Taxi Driver! E eu achando que esse filme não podia ser melhor, ai ai…

image

  1. Olha Quem Está Falando (1989)

Tah-dah! Taí um filme que eu curto INFINITOS e que é todo bobinho, sessão da tarde e vergonhoso! Acho que como nunca tããão ligada em brincar de boneca tipo “filhinha” (preferia animais de pelúcias e, depois, as Pollys ~descoladas~), esse filme foi um jeito de extravasar meu instinto materno. A cena do bercário do hospital me faz rir até hoje – e não é só por eu ter assistido dublado, ok? Aliás, se você assistir no áudio original, o Bruce Willis* faz a voz do neném! COMO VOCÊS NÃO AMAM ESSE FILME???

* Aliás…Bruce Willis e John Travolta? E se o Tarantino escolheu o elenco de Pulp Fiction depois de ver esse filme? Fica o mistério!

Data do post original: 24 de abril de 2013

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s