World’s Worst Musical

Não, esse não é o curta que fiz pra faculdade. Funny story, haha: não tá pronto ainda. Digo, até está, mas só vamos apresentar para a sala amanhã, aí fica chato eu postar aqui antes, né? Mas não priemos cânico (#chapolinfeelings), porque trouxe coisa nova pra vocês: um episódio de websérie! Que amor, não? A internet tem facilitado bastante a divulgação e disseminação de novos produtos audiovisuais, e as webséries vieram com tudo!

Ok, talvez os vlogs ainda façam mais sucesso – estilo PC Siqueira e derivados – mas não deixa de ser um formato bem interessante! Apresento-lhes, sem mais delongas, a websérie World’s Worst Musical (Pior Musical do Mundo), que conta a história de um compositor/roteirista que sonha em escrever um musical, mas só consegue ter ideias no mínimo esdrúxulas, que vão sendo mostradas a cada episódio.  Escolhi o episódio 8, Losing It (que, no contexto, seria o equivalente a “Enlouquecendo”) que pra mim é o mais divertidinho.

“Socorro, é tudo em inglês nessa bisteca!” – calma, galera, é só habilitar as legendas que o Youtube disponibiliza. São traduções meio ruinzinhas, tipo do tradutor do Google, mas é suficiente pra entender a história. É só clicar no ícone “Assistir no Youtube” aqui no blog e, na barrinha de abaixo da tela do vídeo, clicar no segundo ícone, “Ativar Legendas” duas vezes e selecionar a opção “Traduzir Legendas”, e selecionar “Português” – ou, se quiser treinar seu inglês, deixe as legendas nesse idioma. Não estou duvidando da capacidade de vocês, tá, eu só APEPÊ-apenas gosto de deixar as coisas bem explicadinhas (saudades, A Praça É Nossa, saudades). Se você é o top na balada e já sabe fazer tudo isso, é só pular esse parágrafo.

Primeira coisa legal: o tema da websérie como um todo. O gênero musical anda meio estigmatizado, o que eu acho a babaquice das babaquices. Desmerecer uma produção só porque tem perfomances musicais dentro no enredo é tão, sei lá, esnobe (na falta de uma palavra melhor). Por isso gostei do fato dessa websérie colocar o gênero musical sob uma perspectiva mais leve e cotidiana, tentando desmistificar essa história toda.

Segunda coisa? FANTOCHES. Não tinha achado nenhum vídeo que usasse fantoches de um jeito legal até agora, adorei! Aí a gente imagina o trabalho todo que deu pra filmar o episódio, né? Musical já é difícil (ACREDITEM, muito mesmo), adicionando fantoches então? Nível de dificuldade sobre 200%. Mas o resultado vale o esforço! O fantoche é igualzinho ao cara, como pode? Hahaha!

Falei, falei e não disse nada, né? É que esse vídeo é mais pra se divertir mesmo, sem compromissos – pelo menos esse era meu propósito quando o vi pela primeira vez! Dá pra identificar até um paralelo com o curta do post anterior (coisas infantis e fofas virando macabras e sinistras). Vou deixar o vídeo falar por si só dessa vez, pode ser? Pra quem se interessou pela série, eu recomendo! Não espere momentos meeega engraçados, mas as músicas são bem criativas!

Data do post original: 21 de novembro de 2012

Advertisements

One thought on “World’s Worst Musical

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s