Especial Oscar 2016

CHEGOOOU! Estamos na quarta edição desse megapost sobre os indicados ao Oscar. Esse ano foi um pouco atípico, porque muitos filmes que receberam várias indicações não foram indicados a Melhor Filme (Carol, Garota Dinamarquesa, Steve Jobs etc) – sendo que geralmente são nove indicados, e esse ano foram oito. Gostei dos indicados, parece que estão escolhendo filmes mais ágeis. Pelo menos, lembro de sofrer um pouco mais … Continue reading Especial Oscar 2016

A questão racial é de múltipla escolha?

Os olhares intimidados da plateia do Grammy durante a performance do rapper Kendrick Lamar. As críticas que Beyoncé sofreu após a performance da música Formation no show do Super Bowl (inspirando até uma esquete do SNL). O possível boicote ao Oscar, após a divulgarem as indicações (com a imensa maioria composta de brancos). Mais complicado que entender as peculiaridades da questão racial é falar sobre … Continue reading A questão racial é de múltipla escolha?

How To Get Away With Murder

Sabe quando você acompanha tanta série que dá preguicinha de começar mais uma? Por causa disso, demorei demais pra ver HTGAWM. Na verdade, foi só quando a Viola Davis ganhou o Emmy (e fez um discurso incrível) que eu pensei “Pô, tá até na Netflix… Por que não?”. Quando li a sinopse, pensei que seria aquela coisa de sempre: estrutura episódica (cada episódio contando sobre um caso … Continue reading How To Get Away With Murder

TOP FIVE: Monólogos de Filmes

Estava eu no ônibus, pensando na vida, e cheguei à conclusão de que escrever um monólogo e apresentá-lo de um jeito interessante num filme é um baita desafio. Geralmente, o monólogo é um recurso mais usado em teatro, por exigir muito da interpretação do ator. Mas, quando bem executado num filme, o monólogo acaba gravado na memória – consegui pensar em cinco que sabia praticamente … Continue reading TOP FIVE: Monólogos de Filmes